Entrevista com o monge Jonathan (Lobsang Chogni) sobre seus 20 anos de ordenação

O monge Jonathan Raichart (Lobsang Chogni) da Associação BUDA, completou 20 anos de ordenamento! Como uma maneira de comemorar a data, trouxemos na Revista BUDA uma entrevista especial com ele, com perguntas enviadas pelos alunos da associação ele conta como tem sido sua trajetória como monge e o que significa a vida monástica – em um relato sincero e inspirador.

Abaixo compartilhamos um trecho da entrevista:

“O que mudou em 20 anos é um aprofundamento pessoal de meu entendimento, ao menos em um nível intelectual, dos três principais aspectos do caminho. Os votos, especificamente o treino de dharma da tradição de Lama Tsongkhapa é focado nesses três principais aspectos do caminho: na renúncia, bodhicitta e conhecimento que realiza a vacuidade de existência inerente (ou, para simplificar, conhecimento que realiza a vacuidade). A motivação correta para tomar os votos é a renúncia. Ainda assim, cultivamos junto com a bodhicitta, o desejo de realizar o completo despertar para o benefício de todos os seres sencientes. E a base da bodhicitta é a grande compaixão, o desejo que todos os seres sejam livres do sofrimento e das causas do sofrimento. Renúncia é querer que nós mesmos sejamos livres dos sofrimentos e suas causas, mas para isso precisamos reconhecer o que é o sofrimento, e esse é um processo que se faz durante a vida inteira.”

Para ler a entrevista completa acesse: https://is.gd/RevistaBUDA2020

Conheça também nossa página Monastério, saiba mais: https://buda.org.br/tradicao-geluk/