Edit Content

Editora

Associação

Curso Introdução ao Ser e Tempo de Heidegger

Introdução ao Ser e Tempo de Heidegger

Estão abertas as inscrições para o Curso Introdução ao Ser e Tempo de Heidegger, que faz parte da categoria de cursos sobre as obras da Filosofia Continental.

As aulas serão ministradas pelo Prof. Dr. Plínio Marcos Tsai, toda sexta-feira das 7h às 8h via transmissão ao vivo pelo Zoom

O curso é aberto para  associados da Associação Buddha-Dharma e alunos do Instituto Pramāṇa.

Para se inscrever preencha o formulário abaixo:

Abaixo o Plano de Ensino o curso:

    1. Área: Filosofia e Teologia
    2. Grupo: Obras da Filosofia Continental.
    3. Carga horária semestral: 24h
    4. Professor(es): Plínio Marcos Tsai
    5. Título: Introdução ao Ser e Tempo de Heidegger
    6. Ementa:

A noção de metafisica europeia. A noção da destruição (desconstrução) da metafisica europeia. A noção de ser. A noção de “Dasein”(ser-aí) como pessoa humana. A noção de hermenêutica heideggeriana. Aspectos principais da (anti)metafisica.  A noção do caráter útil das coisas. A noção “do que está aí no alcance da mão”. A transformação radical da interpretação de mundo. A noção de mundaneidade do mundo. A noção de vacuidade e interdependência. Elementos de diálogo entre o mundo ocidental e o mundo oriental. A abertura radical para o mundo (o outro). O caráter anti-substancialista e a Contemporaneidade.

7. Objetivos:

      • Conhecer as noções fundamentais do pensamento de Heidegger.
      • Reconhecer as diferenças entre o pensamento metafisico tradicional e o pensamento de Heidegger.
      • Compreender os aspectos principais da estrutura de conhecimento da obra Ser e Tempo.
      • Elaborar aulas expositivas sobre os aspectos centrais do pensamento de Heidegger na obra Ser e Tempo.
      • Desenvolver artigos científicos sobre os assuntos de interesse entre o pensamento de Heidegger e aspectos teológicos, filosóficos, antropológicos etc da Modernidade.
      • Reconhecer os elementos na estrutura de conhecimento contemporâneo que contenham elementos e aspectos do pensamento heideggeriano.
      • Crítica aos aspectos de extrema Direita que possam estar no pensamento heideggeriano.

8. Observações:

      • Aulas remotas gravadas
      • Exposição de apresentação por sorteio/amostra
      • Apresentação final de artigo científico escrito para publicação

9. Conteúdo Programático:

      1. História, contexto social, estruturas políticas e econômicas da Alemanha no tempo de Heidegger.
      2. Funções e significado do pensamento de Heidegger para a Europa.
      3. Funções e significado do pensamento de Heidegger para a Asia.
      4. Funções e utilidades do pensamento de Heidegger para a Teologia, Filosofia e Direito.
      5. Contribuições para o pensamento de diálogo interreligioso entre Ocidente e Oriente.
      6. Contribuições ao pensamento Latino-Americano
      7. Critica ao colonialismo europeu na América Latina

10. Programação:

Aulas Data Hora Unidades Descrição
1 10 de março 7-8h 1 A pergunta pelo ser (§1)
2 17 de março 7-8h 1 A estrutura da pergunta pelo ser (§2)
3 24 de março 7-8h 1 A estrutura da pergunta pelo ser (§2)
4 31 de março 7-8h 1 A estrutura da pergunta pelo ser (§2)
5 07 de abril 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ontológica (§3)
6 14 de abril 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ontológica (§3)
7 21 de abril 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ôntica (§4)
8 28 de abril 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ôntica (§4)
9 05 de maio 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ôntica (§4)
10 12 de maio 7-8h 1 A questão do ser e sua precedência ôntica (§4)
11 19 de maio 7-8h 2 Dasein, o horizonte da liberdade, sentido geral do ser (§5)
12 26 de maio 7-8h 2 Dasein, o horizonte da liberdade, sentido geral do ser (§5)
13 02 de junho 7-8h 2 Dasein, o horizonte da liberdade, sentido geral do ser (§5)
14 09 de junho 7-8h 2  Dasein, o horizonte da liberdade, sentido geral do ser (§5)
15 16 de junho 7-8h 2 Destruição da história da ontologia (§6)
16 23 de junho 7-8h 2 Destruição da história da ontologia (§6)
17 30 de junho 7-8h 2 Destruição da história da ontologia (§6)
01 de julho Avaliação Entrega do artigo científico, do vídeo gravado, e do mapa conceitual.
31 de julho Resultado e início da matrícula do 2º semestre Entrega das notas. Os aprovados podem fazer matrícula para o próximo semestre. Entrega de certificados.

11. Metodologia:

a. Técnicas

i. Exposição de termos técnicos gregos

ii. Exposição de termos técnicos em latim

iii. Forma de escrita de artigos científicos

        1. Resumo
        2. Palavras-chaves
        3. Divisão inicial
        4. Desenvolvimento
        5. Conclusão
        6. Referencias

b. Recursos

i. Vídeos

ii. Podcasts

iii. Power Points

iv. Imagens

v. Documentários

vi. Filmes

12. Avaliação:

A avaliação será semestral, constando de uma avaliação escrita em forma de artigo científico. Junto com o artigo será pedido (1) um vídeo de apresentação sobre o conteúdo do artigo escrito, e (2) um mapa conceitual dos principais conceitos e argumentos do artigo.

13. Bibliografia fundamental

(Unidade 1 e 2)

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo / Martin Heidegger. Tradução, organização, nota prévia, anexos e notas: Fausto Castilho. Campinas, SP: Editora da Unicamp; Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2012.

HEIDEGGER, M. Sein und Zeit. Tübingen. 19. Auflage. Niemeyer, Tübingen 2006, ISBN 3-484-70153-6.

FLORENTINO NETO, A.; GIACOIA JR., O. (organizadores). Heidegger e o Pensamento Oriental.Uberlândia, SP: Editora EDUFU, 2012.

14. Bibliografia Complementar

FLORENTINO NETO, A.; GIACOIA JR., O. (organizadores). O Nada absoluto e a superação do niilismo: fundamentos filosóficos da Escola de Kyoto. Campinas, SP: Editora PHI, 2013.

FLORENTINO NETO, A.; GIACOIA JR., O. (organizadores). Ciência e arte na filosofia da Escola de Kyoto. Campinas, SP: Editora PHI, 2019.

HEIDEGGER, M. História da Filosofia, de Tomás de Aquino a Kant / Martin Heidegger. Tradução de Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2009.

HEIDEGGER, M. Metafísica de Aristóteles. Sobre a essência e a realidade da força / Martin Heidegger. Tradução de Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2007.

DAVIS, B.W.; SCHOEREDER B.; WIRTH, J.M. Japanese and Continental philosophy: conversations with the Kyoto School/ edited by Bret W. Davis, Brian Schroeder, and Jason M. Wirth. Studies in Continental thought. Indiana, USA: Indiana University Press, 2011.

Para mais informações, por favor entre em contato através do nosso WhatsApp: 19 4115-0111

Deixe um comentário

plugins premium WordPress